Blogger Tips and TricksLatest Tips And TricksBlogger Tricks

Leia com atenção

Leia com atenção

Postagem em destaque

Polícia Civil pede prisão de 04 homens acusados de envolvimento no estupro coletivo no Rio de Janeiro

Nesta última quinta-feira (26) a adolescente de 16 anos que foi vítima de um estupro coletivo ocorrido em uma comunidade da zona oeste do...

No início da tarde desta domingo (29) por volta das 14h e 10 mim. Um homem tentou realizar um assaltar no bairro Bacuri entre as ruas Rio Branco e rua UM. De acordo com informações, populares revoltados lixaram o assaltante. SAMU esteve no local e constatou o óbito, o corpo foi removido para o IML de Imperatriz. Ainda segundo informações, a moto usada pelo elemento foi tomada de assalto na ultima quinta feira no bairro Ouro Verde.


IMG-20160525-WA0014-1068x908 cópia
Um extermínio em uma fazenda às margens da rodovia Transamazônica, em Brejo Grande do Araguaia, município paraense vizinho de Araguatins, na noite desta terça-feira, 24, resultou na morte de quatro pessoas, sendo três da mesma família. A Polícia Civil investiga o assassinato de quatro pessoas em uma fazenda no município de Brejo Grande do Araguaia, no sudeste do Pará. O crime ocorreu na noite de terça-feira, 24, e três pessoas da mesma família estão entre os mortos. A Polícia ainda não tem pistas dos responsáveis pelo crime.
As vítimas foram identificadas como Atamir Nascimento de Souza, a mulher dele Rita da Cruz Souza, o filho do casal Ronildo da Cruz Souza e um vaqueiro identificado apenas como Océlio. A Polícia não descarta a possibilidade de uma queima de arquivo, pois dois filhos do casal eram investigados por envolvimento em roubo de veículos na região.
“Todos os elementos colhidos nessa investigação de roubo vão ser trazidos para um novo inquérito onde será investigado esses quatro homicídios”, explica o delegado Tony Vargas.
Para o delegado, o alvo da ação seria Ronildo e as demais vítimas foram mortas por estarem com ele no momento do crime. As investigações devem ser concluídas em até 30 dias. 

Nildim e ao fundo seu irmão Romilson que foi preso na sexta-feira
Todos os corpos foram encontrados dentro da residência. Ninguém foi preso até a manhã desta quarta-feira, 25.
A principal suspeita para a motivação do crime é vingança contra o filho do casal, Nildim Souza, suspeito de crimes como pistolagem e roubo de carga. Um outro filho do casal, chamado Romilson Souza, havia sido preso na sexta-feira, dia 20.
Os corpos das quatro vítimas foram levados para o Instituto Médico Legal de Marabá e deve ser liberado ainda nesta manhã.
CORPOS.jpg

Siate atende vítima gravemente ferida a faca no Bairro Cidade Nova
Na madrugada deste domingo, 29 de maio de 2016, por volta das 01h:00, socorristas do Siate (Sistema Integrado de Atendimento ao Trauma e Emergência) do Corpo de Bombeiros de Foz do Iguaçu foram acionados para deslocarem até a Rua João David Bastos Vachanski, nas proximidades do Colégio Ipê Rocho, no Bairro Cidade Nova, para darem atendimento a uma vítima de FAB (ferimento por arma branca).
No local foi constatado que a vítima encontrava-se gravemente ferida, sendo imediatamente acionado apoio médico. A vítima que não apresentava documentos foi encaminhado em estado grave ao Pronto Socorro do Hospital Municipal.
Fotos: Paulo Romeu Domingues Junior/ tribuna popular
  • Siate atende vítima gravemente ferida a faca no Bairro Cidade Nova
  • Siate atende vítima gravemente ferida a faca no Bairro Cidade Nova
  • Siate atende vítima gravemente ferida a faca no Bairro Cidade Nova
  • Siate atende vítima gravemente ferida a faca no Bairro Cidade Nova
  • Siate atende vítima gravemente ferida a faca no Bairro Cidade Nova
  • Siate atende vítima gravemente ferida a faca no Bairro Cidade Nova
  • Siate atende vítima gravemente ferida a faca no Bairro Cidade Nova
  • Siate atende vítima gravemente ferida a faca no Bairro Cidade Nova
  • Siate atende vítima gravemente ferida a faca no Bairro Cidade Nova
  • Siate atende vítima gravemente ferida a faca no Bairro Cidade Nova
  • Siate atende vítima gravemente ferida a faca no Bairro Cidade Nova
  • Siate atende vítima gravemente ferida a faca no Bairro Cidade Nova
O tatuador Célio Teixeira de Souza, 24, foi assassinato e encontrado com a boca amordaçada por um cadarço de tênis, o rosto deformado a pauladas e com várias facadas pelo resto do corpo foi encontrado na manhã deste domingo, dentro de um ramal em área verde no bairro Jesus me Deu, na Zona Leste de Manaus.

Um grupo de garotos que estasva no terreno, deparou-se com o cadáver, segundo informações preliminares, eles correram para suas casas e avisaram suas famílias sobre a cena chocante que tinham acabado de presenciar. Irmãos da vítima chergaram logo em seguida no local;

O tatuador trajava apenas uma bermuda verde e pelo que os peritos do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Civil puderam avaliar no local do crime, a execução teria acontecido a menos de 24 horas e foi antecedida por muita tortura e perversidade, dado o fato de Célio estar com o corpo repleto de hematomas contundentes.

Policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), também estiveram no local no começo da manhã e nas primeiras informações obtidas, através de conhecidos da vítima, conclupíram que o assassinato foi obra de traficantres de drogas do bairro com quem Célio teria uma rixa pessoal.

Um traficante que atua no bairro Jesus me Deu e que teria feito ameaças ao tatuador, alguns dias atrás, Joel Santan, o "China", foi preso pelos policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, mas teeria negado participação no crime, muito enbora existam fortes indícios de sua participação no crime, que seguirá durante toda a próxima semana sendo investigado na DEHS.

fonte portal do zacarias




Os atendimentos a mulheres vítimas de violência sexual, física ou psicológica em unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) somam, por ano, 147.691 registros – 405 por dia, ou um a cada quatro minutos.

A maior procura por serviços de saúde após casos de agressão se dá entre adolescentes de 12 a 17 anos, faixa etária das duas vítimas de estupro que ganharam repercussão na semana passada, no Rio e no Piauí.

Especialistas apontam para a necessidade de se encerrar a “lógica justificadora” que tenta lançar para as vítimas a culpa pelos crimes.

Homicídio de Mulheres, um dos mais respeitados anuários de violência do País. As estatísticas foram reunidas com base no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), do Ministério da Saúde, que registra os atendimentos na rede do SUS. O relatório mostra que Mato Grosso do Sul, Acre, Roraima, Tocantins e Minas lideram a lista de Estados com as maiores taxas de procura por atendimento.

 Os dados integram o Mapa da Violência


O registro mais recente do Sinan contém dados de 2014

O estudo foi concluído no fim de 2015. O cônjuge da vítima aparece como o agressor mais frequente, responsável por 22,5% das ocorrências; outras pessoas próximas de adolescentes e mulheres também são apontadas como responsáveis por ataques, como namorado, ex-namorado, irmão, pai e padrasto. Em só 13% dos casos, a agressão é cometida por uma pessoa desconhecida. No caso do Rio, um dos suspeitos é ex-namorado da vítima de 16 anos que diz ter sido atacada por mais de 30 homens no Morro da Barão.

 Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), sete em cada 10 mulheres
são, ou virão a ser, vítimas de agressão por parte de parceiros

“A normalidade da violência contra a mulher no horizonte cultural do patriarcalismo justifica, e mesmo ‘autoriza’, que o homem pratique essa violência, com a finalidade de punir e corrigir comportamentos femininos que transgridem o papel esperado de mãe, esposa e dona de casa”, aponta o Mapa da Violência – Homicídio de Mulheres. “Culpa-se a vítima pela agressão, seja por não cumprir o papel doméstico que lhe foi atribuído, seja por ‘provocar’ a agressão dos homens nas ruas ou nos meios de transporte, por exibir seu corpo.”

Julio Jacobo Waiselfisz, coordenador da pesquisa e da área de estudos sobre violência da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), reforça a tese e diz ver uma reação conservadora à tentativa de ampliação de direitos pelas mulheres. “Na medida em que se criam condições sociais de proteção, mais violento se torna o agressor. É uma reação conservadora do patriarcalismo machista que persiste no Brasil”, diz Waiselfisz. “E, hoje, estamos assistindo a uma cultura em que se está permitindo esse tipo de violência.”

Reincidência

Unidades recebem por dia 405 agredidas, maioria tem entre 12 e 17 anos, como
as dos casos do Rio e Piauí (Foto: Reprodução / Internet)

Os dados do Mapa da Violência mostram também que são as mulheres jovens as que mais voltam para novos atendimentos no SUS após outros casos de violência. “A violência contra a mulher é mais sistemática e repetitiva do que a que acontece contra os homens. Esse nível de recorrência da violência deveria ter gerado mecanismos de prevenção, o que não parece ter acontecido”, diz Waiselfisz.

Para a secretária nacional de Direitos Humanos, Flávia Piovesan, “é fundamental trabalhar em educação e capacitação dos operadores da segurança pública e da Justiça para que entendam que a violência contra a mulher é gravíssima violação dos direitos humanos”.

Disque 180 - Central de Atendimento à Mulher Você pode ligar de qualquer lugar do Brasil.
A ligação é gratuita(Foto: Reprodução o Estado de S. Paulo)

Ao jornal o Estado de São Paulo, ela afirma também que são necessárias três linhas de enfrentamento do problema. “Precisamos adotar medidas eficazes no que se refere ao dever do Estado de investigar, processar e punir essas violações sob a perspectiva de gênero; adotar todas as medidas para dar total e integral apoio e assistência às vítimas; e adotar medidas preventivas, fomentando educação com parâmetros não sexistas e igualitários. Isso é o mais difícil”, diz Flávia.

Para a promotora paulista especialista em combate à violência doméstica Silvia Chakian, a solução passa pelo combate à impunidade dos agressores, mas também exige medidas educativas. “Os criminosos merecem uma punição exemplar, e essa punição tem de ser divulgada para a sociedade para combater a sensação de impunidade.”

Funcionária do Disk 180 relatam como recebem mulheres vítimas
de violência(Foto: Reprodução / Internet)

Silvia destaca que o crime do Rio foi seguido por compartilhamentos de vídeos na internet por pessoas que faziam “piadas machistas e julgamento moral”. “Que sociedade é essa que um sujeito compartilha a prova do crime e se gaba dela? E quem são as milhares de pessoas que viram e compartilharam esse material, ajudando a perpetuar esse sofrimento?”, questiona.
 
Fonte: O Estado de São Paulo
CINCINATTI - Um gorila foi morto após um menino de 4 anos entrar na jaula onde ele era mantido num zoológico em Cincinatti, no Ohio, nos Estados Unidos.
Segundo a agência de notícias Reuters, o menino, que não foi identificado, teria engatinhado e passado sob a barreira, caindo em seguida cerca de 3,5 metros até o chão da área onde são mantidos os gorilas no Jardim Zoológico e Botânico de Cincinatti.
O menino não teria se ferido na queda, mas, já no chão, foi puxado por Harembe, um gorila de 17 anos e 180 quilos, que o arrastou pelo chão por cerca de 10 minutos. Em entrevista coletiva, o diretor do zoológico, Thayne Maynard, disse que não teve escolha.

"Tomaram uma decisão difícil e fizeram o certo, porque salvaram o menino. Podia ter sido muito pior", disse ele. A criança foi ferida ao ser arrastada e está internada. As primeiras informações são de que ele não corre risco de morrer.
O diretor lamentou a morte de Harembe, que estava no zoológico há cerca de dois anos, vindo de um zoológico no Texas, onde nasceu.

Harembe, em foto de arquivo do zoológico - HANDOUT / REUTERS

"Estamos todos devastados com esse acidente trágico que resultou na morte de um animal em risco de extinção. É uma grande perda para a família do zoolígico e para população de gorilas no mundo", disse em um comunicado.
Maynard disse que não parecia que o gorila estava atacando a criança, mas afirmou que se tratava de um animal "extremamente forte em situação agitada" e que o tranqulizante demoraria muito para fazer efeito, e que, geralmente, os animais se agitam antes de fazer efeito.
"É um dia muito triste aqui, mas mão havia escolha, tivemos que atirar", disse Maynard aos repórteres. Estão ilesas duas gorilas fêmeas que também estavam na área fechada.
FONTE O GLOBO

image
Um casal foi encontrado morto na manhã de (26/05) nas cidades de São Domingos e Presidente Dutra. Porém o que chamou atenção foi o fato de terem sido encontrados sem vida em locais diferentes.
O corpo de Alice foi encontrado na cidade de São Doningos, já o de Cícero com várias marcas de bala na cidade de Presidente Dutra.
Existem várias linhas de investigações para descobrir o que pode ter motivado a morte do casal.
O casal estava vivendo na cidade de São Paulo e estava no Maranhão há poucos dias.
Tanto Cícero como Alice tem passagens na polícia por envolvimento com trafica de drogas e roubo.
Comenta-se na cidade que a moça era de boa índole mas havia se perdido por conta do envolvimento com Cícero. Fonte:blogdoluiscardoso.

Vejam o momento em que o corpo de Alice é recolhido pelo IML:

image
image
image
Passageiros do ônibus pertencente a empresa viação ouro prata na linha Santarém/Belém foram vítima de assalto na BR 422 a cerca de 35 km do município de Novo Repartimento, no sentido pra que vai à cidade de Tucuruí. Segundo informações preliminares o ônibus foi abordado por volta das 03:15 h da madrugada deste sábado (28) por quatro homens armados, os assaltantes que fizeram um verdadeiro pente fino no ônibus, no momento da abordagem do ônibus o passageiro Cleibe Pereira da Silva de 34 anos dormia, ao despertar do sono, acabou assustando-se com o assalto que ocorria, momento em foi alvejado por um disparo de arma de fogo que na altura do pescoço, a vítima não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. 
O ônibus foi conduzido para a cidade de Tucuruí onde o corpo foi removido, um inquérito policial foi instaurado para apurar o caso, a Polícia Militar faz buscas na região para tentar localizar os assaltantes. Cleibe Pereira da Silva residia no município de Uruará no sudoeste do estado e segundo informações o mesmo iria até a cidade de Goianésia do Pará onde encontraria com a sua filha, uma menina de cerca de 8 anos de idade que vinha do município de Dom Eliseu na companhia da sua tia, para passar uns dias com seu pai.
por Kléber Ranieri - Repórter informa
Na manhã desta sexta-feira (27), um homem identificado por Adenilson de Jesus Oliveira de 19 anos foi encontrado morto com seis tiros na cabeça nas margens de uma estrada vicinal, que liga os municípios de Itabela a Porto Seguro.
O crime aconteceu nas proximidades do Queimado distrito de Porto Seguro. A vítima estava conduzindo uma motocicleta quando foi atingido pelos disparos.
O homem estava trajando camisa de cor cinza, calça jeans e carregava uma mochila nas costas e teve morte imediata.
A polícia foi acionada onde realizou o levantamento cadavérico e o corpo foi encaminhado para o IML de Porto Seguro.


Corpo de mulher é encontrado em Itaguari
O corpo de uma mulher de aproximadamente 35 anos foi encontrada na manhã de hoje numa chácara localizada nas proximidades da rodovia GO-154, em Itaguari, cidade localizada a 100 quilômetros de Goiânia. A vítima teve a cabeça esmagada e possuía marcas de violência sexual e escoriações pelo corpo.
Segundo a Polícia Militar, o caseiro da chácara encontrou o corpo da mulher no pasto da propriedade no início da manhã e acionou a polícia.

No local, foram encontrados diversos preservativos usados ao lado do corpo da vítima, que estava com rosto deformado. A polícia acredita que o autor do crime utilizou paus e pedras para bater na mulher.

Corpo

A mulher ainda não foi identificada e foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Goiás. A polícia não tem pistas do suspeito e nem a motivação do crime.
Mulher é encontrada morta com sinais de estupro em Itaguari, Goiás (Foto: Antônio Neto/Arquivo Pessoal)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
UNIVERSO DA MORTE - MOSTRANDO A REALIDADE EM FATOS REAIS.

MAIS VISITADAS

SEGUIDORES

xat universo da morte